O momento ideal para uma mulher procurar o ginecologista é super individual.

Antes de qualquer coisa precisamos saber se a menina está com alguma alteração que necessita de ajuda médica. Muita cólica, sangramento excessivo, TPM, enxaquecas, corrimentos ou algum outro ponto que esteja interferindo em sua qualidade de vida.

Sempre que for necessário não há motivo para hesitar e procurar ajuda médica ou ginecológica.

Se a adolescente é assintomática vem uma pequena polêmica. Qual o melhor momento? Após menstruar? Ao iniciar sua vida sexual?

Talvez a melhor resposta seja: quando a adolescente se sentir preparada.

Essa fase da nossa vida é de grandes transformações, medos, inseguranças e conflito com o próprio corpo. A consulta ginecológica pode ser um pouco invasiva. É necessário muito tato para deixar essa menina-mulher a vontade, deixar que faça as perguntas e tire todas as suas dúvidas. Nesta fase poucas precisarão ser tratadas. Mas é uma oportunidade incrível para iniciar a conscientização sobre saúde, sobre cuidados, sobre a higiene, sobre conhecer o seu corpo e entender seus sinais.

Vamos explicar sobre como funciona a menstruação, irregularidades menstruais típicas da idade. Cólica é normal sim, mas a adolescência é o primeiro momento de diagnóstico de endometriose, e não podemos perder este momento que pode ser crucial para esta mulher. Corrimentos normais e patológicos. E claro, não podemos deixar de citar a parte da sexualidade, e o início da anticoncepção.

Todas estas informações podem parecer uma avalanche para uma menina que não se sente apta a recebe-las. Portanto a adolescente tem fundamental importância na decisão sobre o melhor momento para tal.